segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Prova Escrita Aplicada e Descartadas de Investigador 2013/2014

PROVA ESCRITA APLICADA – 17/08/2014 - VERSÃO 3

QUESTÃO 1 – (0 a 20 pontos)
Conjugue o verbo abolir no presente do indicativo.
Prof. Farid: CABE RECURSO!!! Provável resposta esperada pela banca da Acadepol:
Tu ABOLES
Ele ABOLE
Nós ABOLIMOS
Vós ABOLIS
Eles ABOLEM
Porém, existem posições diversas de vários gramáticos sobre este verbo defectivo. Alguns o conjugam no presente do indicativo apenas na primeira e segunda pessoas do plural (nós e vós), assim como outros aceitam todas as pessoas, inclusive a primeira pessoa do singular (eu). E, por último, outros não fazem menção ao emprego do verbo ABOLIR, sinalizando, certamente, que se trata de assunto controverso ou irrelevante, dadas as várias possibilidades de emprego abonadas por seus pares e que, por isso, NEM SEMPRE OS GRAMÁTICOS CHEGAM A UM CONSENSO EM RELAÇÃO AO DESUSO DE CERTAS FORMAS VERBAIS POR MOTIVO DE EUFONIA.
         É preciso partir do princípio de que a banca do Concurso para Investigador 2014 não determinou uma bibliografia definitiva. Este gesto, por um lado, mostra-se bastante democrático, permitindo ao candidato que estude com os recursos aos quais ele tem acesso sem grandes dificuldades ou que exijam dele um custo ou gasto que possa comprometer os estudos com vistas ao concurso.
Por outro lado, a não observância de uma determinada bibliografia abre espaço para qualquer tipo de consulta, sempre recomendando o BOM SENSO e a NORMA CULTA DA LÍNGUA reconhecida pelas fontes bibliográficas buscadas pelo candidato, o que deve levar a banca a aceitar as várias respostas que tais fontes possam apresentar.

QUESTÃO 2 – (0 a 20 pontos)
Em quais situações a Lei de Improbidade Administrativa impõe a indisponibilidade dos bens do indiciado? A medida recairá sobre a totalidade dos bens?
Prof. Tiago Salvador: Consoante dispõe o artigo 7° da Lei n° 8.429, de 02 de junho de 1992 (Lei de Improbidade Administrativa), caberá à autoridade administrativa responsável pelo inquérito representar ao Ministério Público para a indisponibilidade dos bens do indiciado quando o ato de improbidade causar lesão ao patrimônio público ou ensejar enriquecimento ilícito. Trata-se de medida cautelar que visa assegurar o resultado prático de eventuais sanções de ressarcimento ao erário do dano causado ao patrimônio público ou de perda de bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio do indiciado. Assim, nos termos do parágrafo único do mesmo artigo, a indisponibilidade não recairá sobre a totalidade dos bens, mas somente sobre aqueles que assegurem o integral ressarcimento do dano ou sobre o acréscimo patrimonial resultante do enriquecimento ilícito. Por fim, há de se registrar que o sucessor daquele que causar lesão ao patrimônio público ou se enriquecer ilicitamente está sujeito às cominações da lei até o limite do valor da herança (artigo 8º).

QUESTÃO 3 – (0 a 20 pontos)
O que é um crime instantâneo de efeitos permanentes?
Prof. Victor Paulo: Quanto a sua consumação o crime poderá ser classificado com crime instantâneo ou crime permanente. O crime instantâneo é aquele em que o resultado se dá de maneira imediata (num só instante), cuja consumação não se prolonga (não há continuidade) no tempo. (Ex.: art. 331, CP – quando há o aviltamento contra autoridade ou o Art. 213, CP – no instante em que é praticada a conjunção carnal/ ato libidinoso). O crime permanente é aquele cujo momento consumativo se protrai (prolonga) no tempo, sendo o bem jurídico continuamente afetado por vontade do agente. Ex.: art. 148, CP – enquanto a vítima estiver segregada em sua liberdade pelo sequestrador estará ocorrendo o crime. Já o crime instantâneo de efeitos permanentes é um crime cuja consumação tem momento certo de ocorrer (instantâneo) e seus efeitos não controláveis pela vontade do agente, sendo irreprestináveis/irrestauráveis (de efeitos permanentes). São exemplos dessa espécie: homicídio (art. 121, CP), estelionato contra previdência (art. 171 § 3º, CP) etc. A questão também poderia ser respondida de forma mais concisa, objetiva e do mesmo modo correta, da seguinte forma: O crime instantâneo de efeitos (resultados) permanentes é aquele em que a consumação se dá em determinado instante cujos efeitos da conduta do agente são irreversíveis, perpetuando-se no tempo. Ex.: dano (art. 163), bigamia (art. 235), peculato-desvio praticado por servidora contra o INSS (art. 312), descaminho (art. 334), contrabando (art. 334-A), art. 48 da Lei nº 9.605/98 etc. Falamos exatamente isso ao passarmos pelos assuntos “classificação de crimes” e “homicídio” e as duas formas de defini-lo foram ditas em sala de aula e estruturadas na lousa para os alunos.

QUESTÃO 4 – (0 a 20 pontos)
Ao defender a ideia do delito como não sendo produto exclusivo de nenhuma patologia individual, quais fatores Enrico Ferri apontava como contribuintes para a criminalidade?
Prof. Mônica Gamboa: Considerado pai da Sociologia Criminal, Enrico Ferri, trouxe o determinismo sociológico para a criminologia em contraposição ao determinismo biológico lombrosiano. Para o advogado italiano, a criminalidade nata não era a única causa ensejadora do comportamento criminoso mas sim, uma delas. Para ele, a principal causa do desvio de conduta deriva de condicionantes mesológicas haja vista a forte influência que o meio ambiente exerce sobre o comportamento humano, classificando o crime como um evento multifatorial enaltecendo as causas físicas, psicológicas e sociais que circundam a conduta criminosa como as estações do ano, os desvios comportamentais e a saturação criminal, respectivamente.
Palavras chaves da resposta: Determinismo sociológico / fator  mesológico (social) / influência do meio ambiente no comportamento criminoso / Sociologia Criminal / Positivismo sociológico / Evento multifatorial / Saturação criminal / Causas físicas, psicológicas e sociais.

QUESTÃO 5 – (0 a 20 pontos)
Em conformidade com a tipologia vitimológica de Binyamin Mendelson, explique no que consiste o ofendido classificado como “vítima unicamente culpada”.
Prof. Mônica Gamboa: Na classificação proposta pela vitimodogmática, vítima unicamente culpada é aquela responsável pelo crime sendo vítima de sua própria ação. São exemplos a vítima de autolesão (roleta russa) ou vítima fatal em ação de legítima defesa onde o autor do fato tem excluída a ilicitude de sua conduta em virtude da injusta agressão sofrida.
Palavras chaves da resposta: Autolesão / Legítima defesa / Vitimodogmática / O exemplo poderia ser variado como vítima de autoaborto, suicídio de variadas formas, troca de tiro com a polícia, lesão corporal com resultado morte etc.

PROVA DESCARTADA Nº 1

QUESTÃO 1
Reescreva as frases abaixo corrigindo os erros de concordância verbal:
a) Quantos dias falta para você voltar?
b) Cada um dos candidatos queriam ser premiados?

QUESTÃO 2
Qual o crime pratica funcionário público que tem o dever de agir e se omite quando presencia alguém ser constrangido com emprego de violência ou grave ameaça causando-lhe sofrimento físico ou mental em razão de discriminação racial ou religiosa?

QUESTÃO 3
Mesmo que em um crime não tenha havido a presença de qualquer testemunha, poderá o autor ser preso em flagrante? Em caso positivo, deverá haver algum procedimento especial na lavratura do auto de prisão em flagrante?

QUESTÃO 4
Indique os elementos preponderantes na identificação de uma personalidade psicopática.

QUESTÃO 5
Identifique e explique a abordagem da sociologia criminal que centra a atenção nas relações de produção das estruturas econômicas capitalistas como fatores preponderantes na criminogênese.


PROVA DESCARTADA Nº 2

QUESTÃO 1
Escreva do lado de cada frase a figura de linguagem utilizada:
a) Josualdo chorou de rir quando se viu no espelho.
b) Ontem comi tanto que quase explodi.
c) Reflito e choro pelas vítimas da aeronave que caiu em Santos.
d) Ele é uma fera.

QUESTÃO 2
Qual crime pratica aquele que já estava imbuído do dolo de se apropriar de coisa alheia, antes mesmo de convencer a vítima a lhe fazer a entrega? Justifique.

QUESTÃO 3
Investigador de Polícia que conduzindo uma viatura policial causa colisão de forma não intencional, pode responder pelo crime de dano qualificado cometido contra o patrimônio público previsto no artigo 163, parágrafo único, III do Código Penal? Explique.

QUESTÃO 4
Explique a teoria do criminoso nato na classificação de Cesare Lombroso.

QUESTÃO 5
Explique as distinções básicas entre uma conduta delinquente ordinária e o ato resultante da manifestação de uma subcultura criminal.

177 comentários:

  1. Eu anotei assim:

    - Josualdo chorou de rir quando se viu no espelho.
    - Ontem comi tanto que quase explodi.
    - Reflito e choro pelas vítimas da aeronave que caiu em Santos.
    - Ele é uma fera.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela ajuda, Lucas! Assim que os professores nos mandarem os comentários, atualizaremos a postagem.

      Excluir
    2. Abolir é verbo defectivo, não existe conjugação em primeira pessoa, tu aboles, ele abole , nos abolimos, vos abolis (essa errei coloquei abolieis) eles abolem

      Excluir
    3. eu errei justamente no Vós tb!!!

      Excluir
  2. Isso ae Goe..estamos juntos sempre..

    ResponderExcluir
  3. PROVA COM UM NIVEM MUITO BOM, ESPERO UMA NOTA BOA.
    ASSIM QUE POSSIVEL ADICIONEM OS COMENTARIOS DOS PROFESSORES.
    PBS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostei da prova, na escrita de EP vieram muitas notas altas e pouca reprovação, o que será bem diferente nessa, o facão passará bem afiado nessa prova de IP! Boa sorte a todos!!

      Excluir
  4. Discordo do Prof. Victor Paulo, para ele e para os alunos do goe realmente pode até ser um presente,a questão do crime instantâneo, mas para a maioria dos concurseiros não.foi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, quem estuda no Claretiano não é concurseiro. Nós somos apaixonados pela instituição Policia Civil, por este motivo fazemos GOE Claretiano.
      Concordo com o Vitor, questão DADA..a de Português também, quem nunca ouviu o mestre Farid falando do verbo colorir??"Não existe eu COLORO, logo não existe em primeira pessoa. A prova foi boa, justa para quem estudou. Forte abraço e sucesso!

      Excluir
  5. Eu usei como exemplo da questão 3 a lesão corporal gravíssima.... como é uma denominação doutrinária, acho incoerente eles me darem errado visto que é um posicionamento de denominação doutrinário. Ademais achei a pergunta idiota. As demais provas eeram bem mais inteligentes.

    ResponderExcluir
  6. Esse concurso de Investigador é o pior facão da civil , ano passado fiz a prova e estava bem mais fácil e metade da galera não passou ..eles tiram pontos de tudo sem mais nem menos ..não estão nem ai se precisa de gente ou se haverá aposentadoria compulsória ! Tenho formação jurídica por isso consegui responder as questões ..mas acho uma sacanagem pedirem doutrina na prova sendo que não exige formação jurídica! Se Deus quiser vou passar dessa vez só quero meus 50 pontos nada além disso kkkkkk Como já reprovei uma vez estou com muito preocupado ! Vitor , fiz seu curso agora e ano passado ..desculpe descordar de você. Não achei essa questão de graça , pois muitos não tem formação jurídica e tb não me lembro de você ter passado isso no quadro. Enfim , delito lilipudiano , peculado malversação , crime de desterro isso sim você disse exaustivamente! Sorte a todos ..se deus quiser todos vamos passar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não me lembro do Victor ter falado sobre o conceito de crime instantâneo com efeitos permanentes, mas segui a mesma lógica conforme o comentário dele sobre a pergunta. A unica diferença é que utilizei o crime de ROUBO como exemplo. Será que irão aceitar?

      Excluir
    2. Com certeza não abordou! Foi mt repetição apenas. Quem foi excelente foi a Profa. Mônica. Nada faltou em sua matéria e quem se dedicou, GABARITOU!

      Excluir
    3. No curso que eu fiz de 3 meses o professor, além de falar colocou na lousa e eu tenho anotado no meu caderno. Que sorte!

      Excluir
    4. GOE, diga ao professor Victor, de penal, que um aluno "anônimo" mandou um abração pra ele! Na pergunta da prova escrita de tira: "O que é um crime instantâneo de efeitos permanentes?" consegui lembrar dele falando do assunto na sala. Parecia que ele estava dentro da sala falando a resposta! Essa será uma das questões "divisor de águas" na hora da correção!

      Acredito ter ido muito bem! Agradeço a todos do GOE pelo profissionalismo, dedicação e compromisso para com os alunos!

      Excluir
    5. Eu não sou formado em direito, e comecei a estudar no GOE para a preambular. O prof Victor abordou SIM esta questão em sala de aula umas 3 vezes pelo menos. Não tirei 100 na prova, mas creio que 50 eu devo ter conseguido.

      Excluir
    6. Concordo com o colega, e creio que mais de nós que fizemos o curso no GOE, acabamos não vendo o conceito citado, no curso do Vitor. Enfim a culpa não é dele muito menos do GOE, talvez faltou estudo. Mas creio que se for consenso dos professores de Dir Penal, ou mesmo com o auxílio do GOE, algo poderia ser feito, ou bem um recurso ou até um MS para verificar a validade da questão, falo isso pois li em alguns posts que a matéria citada está fora do edital.

      Excluir
  7. A dissertativa de investigador deixou a desejar quanto a credibilidade e segurança. Na minha sala (41 mezanino UNIP) mais da metade foi ao banheiro pesquisar no celular as respostas a pergunta 1 e 3. O delegado orientou que todos desligassem o celular e ficasse com ele, não precisava deixar lá na frente. Foi a deixa para que após 30 minutos de prova, todos quisessem ir ao banheiro. Depois da prova, estavam todos rindo na rua. Concurso safado, FRAUDE TOTAL. Tem que anular e deixar todas as fases do processo seletivo a cargo da Vunesp.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado que na minha sala tb, foi um tal de bexiga solta que pra ir no banheiro que era um chegar e outro sair....achei estranho tb, mas será que era realmente consulta?.....

      Excluir
    2. Poxa tu ainda tem dúvidas. Vários colegas foram ao banheiro consultar no celular as respostas para crime instantâneo de efeitos permanentes e o verbo abolir. Tiraram maior onda de mim porque eu não fui. Com isso, a nota de muita gente será alta, passando a nossa a frente na classificação final. Sacanagem. FRAUDEEEEEEEE total.

      Excluir
    3. Amigo, tô falando do que vi e não do que me contaram. Para mim, a prova estava tranquila, respondi todas com certeza de que estão corretas, salvo a segunda que dei uma enrolada na explicação. Mas se vc acha certo nós nos matarmos de estudar enquanto os outros se aproveitam de falhas de alguns delegados quanto aos procedimentos (celular desligado e sobre a mesa do delegado) então beleza. Espero que vc não fique atrás desses pilantras na classificação final, ou quem sabe vc foi um deles.

      Excluir
    4. O processo seletivo tem que ficar até a última etapa nas mãos da Vunesp.

      Excluir
    5. Não , não,...nem cheguei a ir ao banheiro,...como disse fiquei assustado com a quantidade de pessoas que foram, porém, achava que a PC faria algo como a Vunesp, com detector de metal...Agora, como vc está falando que seus amigos foram e conseguiram..acho sacanagem mesmo...vou apostar nos meus 50 pontos e tentar me garantir no pap e paf...sorte pra nós!!!....

      Excluir
    6. Nota 10 pelas palavras!Concordo com tudo que disse

      Excluir
  8. Brincadeira pensar que pessoas assim se candidatam a ser um investigador de polícia, olhar em celular ta de brincadeira ne...

    ResponderExcluir
  9. Quem esta dizendo que olharam no celular é um mentiroso. A prova estava bem elaborada sim, qualquer sinopse fala da questao 3, o verbo o farid dá há pelo menos 10 anos, a prova estava num nivel bom pra quem estudou.

    ResponderExcluir
  10. Essa ACADEPOL é uma caixinha de surpresas. Priorizei o estudo: CF/DH, LOP, Estatuto, LE como Lei das Drogas, Hediondos etc , penal, CP, CPP e Criminologia. Aí vem essa questão completamente deslocada de Penal. Conversei com um delegado que é professor de Penal e ele me garantiu que a questão sobre crime instantâneo e permanente está fora do edital. No edital deveria estar além de conceitos, classificação dos crimes. E me falou que esse tipo de classificação está em desuso e há muita divergência na doutrina, me mostrou vários apostilas renomadas que não citam essa classificação, entre elas do curso Damásio. Enfim, a ACADEPOL mostra que tem uma postura restritiva. Não deseja aferir os conhecimentos realmente importantes para a função policial. Apenas quer barrar ao máximo a entrada nessa carreira. Todavia, acredito que posso ter conseguido fazer a média necessária. A prova número um estava mais bem elaborada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se realmente acredita em sua tese, entre com recurso.

      Excluir
  11. Muita sacanagem como sou inocente, minha sala também aos 15 minutos ja tinha gente indo ao banheiro, saindo sempre de 4 em 4 foi assim ate o horário permitido para entrega de provas, a movimentação foi tanta que a delegada fiscal da sala se incomodou, de chegar a falar “Estamos em um concurso e o uso do banheiro é em caso de extrema necessidade”
    Não cheguei ir ao banheiro pelo tempo ainda assim acabei sendo um dos últimos a entregar. Fiz no rascunho corrigi acentuação, pontuação, procurei utilizar sinônimos para não repetir palavras, verifiquei tudo antes de entregar, pensando em fazer uma boa dissertação atingir uma boa nota e agora ficar para trás por fazer de forma correta. Aquele saquinho de celular também colocava quem queria sem proteção alguma, sem fiscalização alguma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como disse....na minha sala também tinha fila pra ir ao banheiro e isso foi normal em todas as salas, faltou fiscalização...e pelo jeito é uma constante,... a consulta no banheiro....

      Excluir
    2. Maior bagunça. E quem não foi ao banheiro pesquisar se passou por bobão, estudou pra caramba pra ser passado para trás por uma falha dos responsáveis pela segurança da prova. Brincadeira né. Deixa na mão da Vunesp caramba.

      Excluir
  12. Na minha sala tinha candidato consultando o caderno pouco antes da prova, acho muito descredito pra quem vem lutando para conquistar uma vaga, acho um desrespeito aos demais candidatos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E qual é o problema do candidato consultar o caderno antes da prova? Como se ele já soubesse as perguntas que iriam cair. Tem nada a ver isso ai.

      Excluir
    2. Cidadão, o edital são as regras do jogo e lá esta bem claro, qualquer objeto de consulta no interior do prédio e PRINCIPALMENTE em sala de aula é proibido. Digo isso para que as normas do concurso sejam mais rígidas contra qualquer tipo de fraude que venham desfavorecer a nós alunos que se dedicam para a prova.

      Excluir
    3. Onde está escrito no edital que é proibido estudar antes da prova. Me aponta a linha, pois eu levei o caderno e estudei sim antes da prova.
      Para mim vc tá querendo arrumar desculpa pq foi mal na prova.
      Onde tá a fraude de querer estudar até a prova entrar na sala lacrada?

      Excluir
    4. Segue o link, http://www.vunesp.com.br/PCSP1307/PCSP1307_306_017959.pdf. Da realização da prova.
      Antes de mais nada, já corrigi a prova e assim que cheguei em casa, para sua tristeza fui muito bem na prova. Abraços a todos do GOE!!!

      Excluir
    5. Kkk cidadão, realmente está escrito no edital, porém, tá escrito DURANTE A REALIZAÇÃO DO CONCURSO. Vc viu alguém, lendo algo durante a prova? Pq se viu e não fez nada a culpa é sua. Sabe de nada inocente!

      Excluir
    6. Antes pode tudo, durante não pode nada.
      Fato isso.

      Excluir
  13. Bom dia á todos, minha dúvida ficou em relação a questão
    5, pois vitimodogmática é aquela que sua participação influi na dossimetria da pena, inclusive esta no livro de questoes da Monica...AGORA UNICA CULPADA, seria q que faz mal a si mesmo, e seu agressor se beneficia da ex de ilicitude legitima defesa, sera que estou errado?

    ResponderExcluir
  14. Discordo do professor vitor quando ele menciona ( Falamos exatamente isso ao passarmos pelos assuntos “classificação de crimes” e “homicídio” e as duas formas de defini-lo foram ditas em sala de aula e estruturadas na lousa para os alunos.)
    Estava presente no curso Master master para investigado; no curso para a escrita de investigador e a única coisa que presenciei foi dos crimes ( parasita, sicário, plurissubjetivo e monosubjetivo dentre outro.) Lamentavél, era seu fã professor VitoR, agora sua credibilidade caiu por terra... Obrigado por fazer eu e mais 200 alunos perder a questão!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raramente exponho minha opinião em relação a comentários feitos de maneira anônima, porém diante deste último e dos recentes acontecimentos, quebrarei o protocolo.

      Tem nos impressionado muito como vários alunos transferem a SUA responsabilidade de estudo para as costas dos professores, sendo que esses, nada mais são do que mais UMA das ferramentas de estudo daqueles que pretendem disputar com outras pessoas uma vaga num processo seletivo concorrido.

      Sempre falo muito para nosso Corpo Docente que ser professor de “cursinho” é uma tarefa injusta, pois o reconhecimento é muito pequeno e a cobrança, enorme. Conta-se nos dedos quantos alunos, depois de aprovados, retornam ao cursinho para apertar a mão do professor que os AJUDOU nessa longa caminhada de estudo. É mais cômodo “curti-lo” no Facebook...

      Mas é claro, afinal os professores estão sendo pagos para isso! Eles têm a obrigação de em 5 noites de 3 horas, passar TUDO que normalmente é visto durante anos na graduação, mesmo os detalhes mais obscuros, senão é uma enganação e a culpa é deles, não de quem está estudando! Eu reprovei por causa dele!

      Triste e visão... Não sei se é por causa do anonimato que a internet proporciona ou pela comodidade em transferir suas responsabilidades, mas diante disso, fica fácil compreender os motivos que uma professora do nível da Dra. Mônica Gamboa (que amava muito o que fazia), desista de ministrar aulas em “cursinhos”.

      Lamentavelmente,
      Leandro.

      Excluir
    2. Volto a falar. Eu não tenho curso de direito e comecei os estudos recentemente para PC (preambular desse ano pra cá). O Prof Victor falou SIM 3 vezes sobre exatamente esta pergunta. Tenho escrito repetidas vezes no caderno e em meus áudios de estudo.

      Excluir
  15. O prof. Farid já se pronunciou e disse que há duas correntes para a conjugação do verbo. Sugiro que sejam disponibilizadas as gramáticas e professores que defendem as duas teses para que possamos começar a formular recursos.

    ResponderExcluir
  16. Se teve gente colando nessa prova deve ser quem fez a de escrivão e percebeu as 'brechas' e já foi preparado para tentar colar. Eu nem imaginava que não teria coleta de digital, não teria detector de metais e que o fiscal acompanhante não entraria junto no banheiro. Eles ficavam do lado de fora conversando entre si, super distraídos...e isso na própria Acadepol. Foda é o camarada roubar a vaga da gente que se esforçou em fez tudo como manda o figurino.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trabalho cerca de 48 horas por semana, o resto do tempo estudava, estudava muito, dormia 5 horas por dia pra ter tempo para estudar, aí vêm os caras e fraudam a prova. Na minha sala, 41 mezanino Unip, teve gente que foi no banheiro duas vezes. E agora, dois anos de estudo intenso pra um filho da mãe levar sua vaga por meio de um celular.

      Excluir
  17. O professor Victor deu esta questão em sala mais de 1 vez!

    ResponderExcluir
  18. QUESTÃO 5 – (0 a 20 pontos)
    Em conformidade com a tipologia vitimológica de Binyamin Mendelson, explique no que consiste o ofendido classificado como “vítima unicamente culpada”.
    Gostaria de saber : se pelo falo de terem escrito o nome errado - Binyamin Mendelson - ao invés de Benjamim Mendelson cabe recurso????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, o nome não está errado e sim grafado originalmente em hebraico.

      Excluir
    2. kkkkkkk é cada pergunta idiota...

      Excluir
  19. Não sou concurseiro, sou candidato à carreira de Investigador de Polícia. Fiz o concurso de 2012, acertei 70 % da preambular, mas faltou uma questão de lógica. Fiz esse agora, passei na preambular. Fiz a Escrita e fiquei triste com a ACADEPOL. Por que colocar uma questão fora do edital? Por que não seguir o padrão de questões do concurso anterior, se no concurso de Escrivão foi assim? Após estudar bem sério para a prova escrita, simulei a execução das provas aplicadas e descartadas dos dois últimos concursos de Escrivão e do último de Investigador, e conseguiria ao menos 90 pontos em cada. Por que não cobrar conhecimentos que o policial vai de fato utilizar no desempenho de suas funções? Por que ter prova escrita para uma carreira que já exige ensino superior cujo cargo é operacional e o salário não ultrapassa 3.500 reais? Por que nos próximos terá prova oral? Contudo, não vou desistir! Mais cedo ou mais tarde, me tornarei Investigador de Polícia do Estado de São Paulo! Mas ainda há chances de seguir no atual concurso! #queromeus50pontos.

    ResponderExcluir
  20. Galera, os professores do GOE estão de parabens, quem participou das aulas tanto preambular, escrita, aula, UTI etc, como foi meu caso, tenho certeza que pelo menos alguma coisa relacionada ao contexto de cada pergunta soube responder sem nenhuma dificuldade, cabe lembrar que o Victor falou sobre crime instantâneo com efeito permanente mais de uma, duas vezes, quem prestou atenção nas aulas sabe disso, desejo boa sorte a todos.

    ResponderExcluir
  21. Tenho os áudios e anotações no caderno, o professor vítor não comentou sobre a questão. Gosto muito do professor, das suas piadas, porém não passou nem perto da questão.
    Leandro, discordo de quando você fala que os professores são hostilizados, acredito que quando temos algum compromisso com o aluno temos que ir passar a informação clara e precisa, afinal a maioria dos concurseiros não tem dinheiro nem para pegar anibus, presenciei vários alunos levando comida para comer em sala de aula,é o minimo que os professores devem fazer e passar conhecimento. Estou no segundo ano que presto concurso para Civil e acho lamentável uma instituição como a acatepol aplicar uma questão totalmente incompatível com o edital e acima de tudo ser mal vista por haver falhas na segurança para aplicação de uma prova na qual muitos alunos, como eu, foram ao dia da prova sem nenhum tipo de consulta e sermos prejudicados por cola eletrônica na qual prejudicará na nota final.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sinceramente... a pergunta do crime a resposta já estava na pergunta. Eu não fiz cursinho nenhum e soube respondeu. Agora se o camarada se limita apenas a escutar o prof de cursinho e não aprofunda mais o estudo em casa, vai me desculpar mas ele é A VITIMA UNICAMENTE CULPADA KKKKK

      Excluir
    2. Muito bom... Exatamente isso...

      O cara justificar seu desempenho ruim no professor, é no mínimo ridículo.

      O que eles fazem é apenas nos nortear, dentro daquilo que a banca deseja. Isso foi muito bem feito por todos professores.

      Só vc tem culpa do teu Fracasso.

      Excluir
  22. Nao acho justo jogar a culpa no professor, sinceramente nao respondi essa pergunta completa em minha prova mas isso e uma responsabilidade minha e única, nao tenho absolutamente nada a reclamar do goe claretiano, professores dedicados que tentam passar um universo de informações para nos humildes concurseiros, repito nao respondi essa questao por completo nem por isso tiro o merito e a qualidade do curso, acredito na parceria criada entre o aluno e o curso onde ao ganharmos estamos juntos e ao perder tbm, se não for agora sera no proximo edital o mundo nao acabou independente do resultado, LEANDRO, continue assim precisamos de pessoas assim humildes e sinceras. ..Obrigado goe claretiano! Carlos Eduardo.

    ResponderExcluir
  23. Tbm concordo de não ser justo jogar a culpa no professor, mas tbm não é justo falar de uma coisa que não aconteceu, gosto do professor Vitor e parece ser excelente como pessoa tbm, talvez ele tenha passado algo sobre o assunto p outras turmas, mas para os alunos dos fds não foi falado sobre crime instantâneo. Parabéns GOE pelos professores que tem. E que a verdade sempre seja dita para manter a credibilidade...

    ResponderExcluir
  24. Será que alguma das questões poderá ser anulada através de recurso? Principalmente a Q3 que muito tem-se dito não fazer parte da matéria do edital. abraço.

    ResponderExcluir
  25. Tirando a questão que não consta no edital, não tenho nada do que reclamar. A prova teve um nível alto nas questões de Criminologia, sobretudo por serem duas questões e nada de conhecimentos elementares. Não tivemos sorte que logo na prova sorteada veio uma legislação que ninguém esperava. E surpreendeu não ter perguntas mais importantes e objetivas, por exemplo, de direitos humanos, Constituição, crimes contra pessoa, contra patrimônio.

    ResponderExcluir
  26. Bem, eu como candidato apenas tenho de estudar o que a banca sugere e torcer pra virem as questões que estudei. Mas sinceramente não vejo nenhuma lógica em cobrar Criminologia. Eu conheço alguns policiais civis e nenhum deles usa absolutamente nenhum conhecimento de criminologia. Se querem cobrar algo diferente de direito, que cobrem Criminalística! Tem muito mais a ver.. E há vários livros sobre essa matéria e essa disciplina é de fato usada no trabalho policial de investigação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A culpa sempre é da banca! O candidato nunca tem culpa!

      Excluir
  27. Mto injusto por parte da banca, questão fora do edital e colocar uma questão de português dessa forma. a gente estuda concordância verbal e nominal, crase, regras de plural dos compostos, diversas regras ai cai uma questão que é uma exceção (sabe ou chuta), não da nem para pensar p responder, apenas ficar contente por conhecer a conjugação ou lamentar por não conhecer. Como é uma prova dissertativa, a banca poderia ter dado uma frase ou duas, cobrando correção de concordarias, colocação pronominal, crase etc... Ainda que fosse com um nível bem mais alto que as ja cobradas, com extrema dificuldade de tirar os 20 pontos cobrando diversas regras simutaneamente e não um facão desse tipo. Eu sempre me sai bem em português ate no ultimo da prf, mas não conhecia a conjugação do verbo abolir...E tbm não conhecia um professor de português do nível do Farid. Parabéns pelo trabalho, caso eu reprove por não conhecer um verbo, os conhecimentos adquiridos em português serão mto bem aproveitados, alem do verbo que não esquecerei mais tbm rsr...

    ResponderExcluir
  28. Eu estudei para essa prova com a intenção de gabaritar e subir na classificação; porém saí da ACADEPOL sonhando com 50 pontos.

    ResponderExcluir
  29. Uma dúvida ao site do goecurso. Eu posso postar respostas que fiz na prova? E, sendo positivo, tem como os professores opinarem sobre as respostas?
    Grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe anônimo, mas é inviável os professores ficarem corrigindo as respostas de todos os interessados por este canal.

      Excluir
  30. Boa noite, Sr Leandro e demais companheiros do GOE, não possuo conhecimento a fundo para saber se a questão de Nr 03 estava ou não dentro das matérias pedidas no edital, enfim, poderia o GOE ou algum professor de Dir Penal dissertar sobre o assunto. Vejo que muitos se sentem prejudicado em relação a questão. Não creio que seja importante mas fiz 84 pontos na prova preambular, meu irmão 93, fizemos o curso no GOE, e infelizmente não nos recordamos do assunto ser abordado, não é uma crítica, pois aprendemos muito no GOE, só tenho a agradecer os professores, Monica e Farid, sensacionais... Enfim em último caso, podemos tentar reunir o máximo de pessoas que estão nessa situação e verificarmos algo que pode ser feito.

    ResponderExcluir
  31. Concordo plenamente...

    ResponderExcluir
  32. Bom dia ao colegas de GOE ...tenho formação jurídica e apesar de ter conseguido responder a Q3 mesmo que de forma mais simples ,...acredito na minha humilde opinião
    que está fora do edital , pois o mesmo não pedia a classificação dos crimes e sim apenas conceito de crimes , tentado , consumado. Fico claro que essa questão vai ser usada para uma futura carta na manga da ACADEPOL , pois analisando a prova e os comentários essa foi bem mais específica , ou seja , exigia do candidato uns bons anos de estudo ou até uma formação jurídica . Tenho certeza que no mínimo 60% de reprovação ocorrerá , pois reprovei ano passado com uma prova bem mais fácil e respondendo certo pra no mínimo 50% e não passei os DINOSSAUROS DA ACADEPOL , não estão nem ai se precisa de vaga se haverá aposentadoria compulsória a correção será subjetiva e injusta podem ter certeza quem já fez prova de Tira sabe disso! Esse ano tirei 82 na preambular e mesmo achando que fiz o mínimo já me preparo para pior e se isso ocorrer será minha última tentativa não da mais pra aguentar essa palhaçada que fazem com o candidato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vai me desculpar mas sou formada em Administração e soube responder a pergunta. A resposta estava na própria pergunta. Foi falta de interpretação de quem leu. Fala sério, cada uma.

      Excluir
    2. Desculpa, mas sou formado em RÁDIO E TV estudei somente 1 ano no GOE e consegui responder a pergunta! Provavelmente vou conseguir a aprovação na 1 prova que prestei da PC.

      Não tem desculpa!

      Excluir
    3. Acho que você não entendeu o escrevi..mas blz !
      Responder a pergunta também respondi , vamos ver a nota que vai ser dada....concursos de tira não é igual escrivão..escrevi qualquer coisa 20 pontos. Olhe o concurso anterior pra tirar uma base ...muitos inclusive eu sai comemorando ano passado e ninguém passou...só estou dando um alerta ! Ah a prova não tem gabarito com as respostas que a banca queria ou julga correta..torço pra você e todos pegarem um examinador de num bom dia !

      Excluir
  33. Como podemos fazer : Nos reunir, será que o GOE poderia ajudar a decifrar se faz ou não parte do edital :

    ResponderExcluir
  34. Quem nao passou é porque nao estudaram em casa tambem...agora ficam ai tentando achar culpados e dizendo bestesteiras quanto a orgsnizaçao da prova a pretexto de anularem. Por favor, como já dizia o poeta...Quem não tem competência não se estabelece!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como disse acima...consegui responder a questão 3 e estudei muito em casa...só acho que não está no edital quem se sentir prejudicado que entre com recurso. Como disse acertei 82 pontos na preambular e já reprovei ano passado na escrita , pelo nível da prova quem acertar os 50% vai tomar posse até o final !

      Excluir
    2. Calma Jovem! Nem saiu a lista de aprovados ainda. Até o momento ninguém passou! Todo mundo está no mesmo barco. Abraços

      Excluir
  35. Bom dia Sr Leandro, tudo bem? Gostaria de saber a opinião do curso a respeito da questão 3 de estar ou não no edital e uma possível anulaçao. O que voces acham? Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha opinião: não me lembro da Acadepol anular nenhuma questão sob a alegação de estar fora do edital. Nem mesmo nas provas preambulares, quanto mais numa prova escrita.
      Esse problema é recorrente e não só da Acadepol, como da Vunesp também. O conteúdo programático do edital não é bem detalhado, então abre margem para esse questionamento dos candidatos.
      Lembro de casos emblemáticos, como em um concurso cair PA e PG em lógica, sem ter nada relacionado a sequências no edital. Bizarro! As questões não foram anuladas e os recursos indeferidos.
      Quanto à pergunta em pauta, ela faz parte do tema "classificação doutrinária dos crimes". Não temos esse item no edital superficial de IP-1/2013. Sendo assim, os candidatos entrarão com recurso alegando isso, a Acadepol indeferirá alegando que está dentro dos conceitos de crime e restará ao candidato apenas as vias judiciais para tentar fazer valer a sua posição. E dá-lhe MS...

      Excluir
    2. Ok! Muito obrigado, vamos aguardar o resultado. Até mais

      Excluir
  36. Também tenho a mesma duvida! Será que é possível a anulação?

    ResponderExcluir
  37. Quando sair o resultado da prova veremos quantos companheiros do GOE foram aprovados,apesar de toda essa baboseira sobre a questão 3 e o Nobre professor Victor.

    ResponderExcluir
  38. Estava com uma dúvida sobre a questão de improbidade administrativa: atos que atentem contra os princípios da adminitração(famoso hill citado pelo professor em uma aula-honestidade,imparcialidade,lealdade e legalidade)também não fazem parte da indisponibilidade dos bens do indiciado, já que o autor da improbidade tem que pagar até 100 vezes o valor do prejuízo?
    E sobre a questão do crime instantâneo de efeitos permanentes, o curso GOE já deu uma folha, cujo o crime constava nela, que dava como ex. crime de homicídio e bigamia.E tinha, outros diversos tipos de crimes como unisubsistentes,pluri, etc.

    ResponderExcluir
  39. Quanto mané, parem de choramingar, não sei se perceberam mas é um concurso para a polícia e não escoteiros, " a questão tal não consta do edital" absurdo. Quem tomou pau faça novamente a matricula no Claretiano e estudem em casa o GOE sozinho não faz miligrane, apesar de estar dentro de uma igreja rsss.

    ResponderExcluir
  40. Primeiramente gostaria de agradecer a Deus em seguida a todos os Santos (São Jorge, São Miguel Arcanjo) que fiquei pedindo ajuda, ao Mestre Vicente e aos familiares. Parabéns Professores do GOE... Obrigado pela ajuda, Meus sinceros agradecimentos!

    ResponderExcluir
  41. Aos mais simples que assim como eu tbm nao sabia responder a questao 3 completa sera que eles vao considerar quem citou o que e um e outro?, digo quem citou corretamente e claro o que e crime instantaneo e o que e crime permanente, sei q a pergunta nao era exatamente essa mas sera q da para arranca algum ponto?

    ResponderExcluir
  42. Olá Goe, boa tarde. Gostaria de tirar uma dúvida a respeito da questão de Improbidade. Sei que é dificil para os senhores darem atenção a todos neste momento, mas se por ventura algum professor tiver tempo de esclarece-la ficaria muito agradecido. Achei na internet alguns autores dizendo que por ferir o princípio da Moralidade, e a "Indisponibilidade dos bens do indiciado" se tratar de uma medida cautelar ( diferente das penas), caberia a mesma em todas as situações em que este princípio fosse violado, ou seja, além das expressamente definidas em lei, também em "Atos que atentem contra os princípios da adm pública"; posição esta que defendi na prova. Teria algum sentido isto a ponto de considerarem esta parte da questão e não a zerarem? Obrigado desde já, e desculpa e pergunta extensa. Até mais.

    ResponderExcluir
  43. Quero deixar registrado meus agradecimentos a todos os professores do claretiano. Acho que consigo 50% pra ir pra próxima fase, porém, também quero registrar minha indignação por saber que uma instituição tão conceituada como a Policia Civil não tenha utilizado detector de metais no banheiro, o que gerou uma quantidade absurda de cola eletrônica.

    ResponderExcluir
  44. As correções são dessa forma? Exemplo questão 1, conjugar o verbo abolir, são 3 pessoas do singular e 3 do plural, total 6 indagações, pego o quanto vale a questão (20) e divido por esse numero de indagações, igual a 3,3333. Acertou 3 indagações nota 10 ????

    ResponderExcluir
  45. Complicado olhar a prova de escrivao aqulas perguntas mais direcionadas e que todos que estudaram razoavelmente conseguiram responder sem sofrimento e ver essa prova de ip, colocam no edital q basta ter ensino superior ai cai questoes que so graduados em direito conseguem de fato responder sem sofrimento.... acadepol mude o edital para EXCLUSIVO CURSO dE DIREITO....

    ResponderExcluir
  46. FIZ CURSO ANO RETRASADO NA CENTRAL DE CONCURSO, ACHEI BEM FRACA, O ÚNICO QUE SE SALVA ALI É O RODRIGO CASTELLO QUE POR SINAL O GOE DEVIA CONTRATA-LO ..... REPROVEI DE IP 2012 , CONTINUE ESTUDANDO EM CASA E CONSEGUI APROVAÇÃO NA PREAMBULAR, NA SEGUNDA FASE TOMEI A INICIATIVA DE FAZER O CLARETIANO E ME SURPREENDI, PROFESSORES GABARITADOS, NAO TENHO O QUE FALAR , UMA PENA A GAMBOA DESISTIR DE MINISTRAR AS AULAS, O GOE PERDE MUITO COM A SAÍDA DELA, APESAR QUE EXISTEM OUTRAS ESTRELAS, FARID, SALVADOR, RODNEY.......... SOBRE A QUESTAO 3 O VICTOR DEU EM SALA DE AULA SIM , NA UTI ELE NAO COMENTOU, MAS ME LEMBRO QUE ELE COMENTOU ESSA QUESTÃO SIM, NA VDD FOI O ÚNICO PROFESSOR QUE NÃO ME DEI BEM EM AULA, ACHEI QUE ELE NÃO PREPAROU AS AULAS PARA UMA SEGUNDA FASE, ELE DEVE SER ÓTIMO PARA A PRIMEIRA FASE, MAS NAO DEIXA DE SER BOM. É MUITO FÁCIL CANDIDATOS REPROVAREM E CULPAREM A INSTITUIÇÃO GOE OU OS PROFESSORES QUE ALI ESTÃO, ACHO QUE ESSA GALERA NÃO SERVE PARA TRABALHAR NA POLICIA, MUITO MIMIMI , DEVIAM TENTAR A FORMAÇÃO EM BALLET OU ATÉ MESMO GINASTICA OLIMPICA.
    OBRIGADO GOE CLARETIANO, OBRIGADO A TODOS OS PROFESSORES , OBRIGADO LEANDRO, MAS ESPERO VOLTAR AI APENAS PARA OS AGRADECIMENTOS DA MINHA APROVAÇÃO. OSSSSSSS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito colega !! O choro é livre e boa sorte pra nós!

      Excluir
    2. Também não acho certo culpar professor ou banca responsabilidade é do aluno, bancas locais são assim vunesp cobra o que acha que deve cobrar e não volta atras ACADEPOL cobra o que acha que deve cobrar e não volta atras é assim. Outro ponto que também concordo é que o prof. Victor não preparou bem suas aulas da segunda fase e fez um comentário infeliz, mas isso faz parte acredito que ele ja tenha percebido o erro e também ira programar mais suas aulas para segunda fase pois é um profissional de ótimo nível.
      Sobre as consultas eletronicas devem ter tido falhas e quem fez a prova de escrivão percebeu. Durante a prova minha sala também tiveram muitos indo ate o banheiro, um dos candidatos ate fez uma pergunta que na hora me pareceu idiota mas agora faz todo sentido simplesmente perguntou somente se PRA SAIR DA SALA SO ENTREGANDO A PROVA OU INDO NO BANHEIRO depois de confirma so pediu para ir ao banheiro e foi e volto provavelmente garantindo mais uns 20 ou 40 pontos.

      Excluir
  47. é isso??? gente a facilidade q era pra ir ao banheiro com o celular era enorme não digo para as mulheres q colocaram os celulares nas bolsas, mais os homens colocaram nos bolsos e iam com ele ao banheiro.. O q teria a perder a maioria q achou a prova dificil de deixar de responder podendo dar uma consultada no celular? Varias pessoas afirmaram q colaram a do verbo e do crime instantaneo e ainda sairao rindo isso ai 40 pontos garantidos ??? Isso e justo? vamos deixar por isso ou vamos ficar somente reclamando ???

    ResponderExcluir
  48. Concordo.... isso nao se faz... o cara ja entra pela porta dos fundos na policia... depois eles reclamam que estao entrando pessoas incapacitadas tbm com esse tipo de organização. ... tinha que ser tudo pela vunesp eles nao sao assim...

    ResponderExcluir
  49. Colegas, boa tarde! Gostaria que alguém me ajudasse a respeito da questão de número 3, fundamentei como crime instantãneo com efeitos permanetes a Extorção Mediante sequestro, pois acredito que os efeitos permanentes na vida da pessoa que teve sua liberdade cerceada e de sua familia como sujeito passivo indireto que se dispõs do patrimonio para pagar o resgate vão ser afetados de forma permanente pelo resto da vida em decorrência da complexidade do crime até mesmo taxada pela doutrina como crime Hediondo.

    ResponderExcluir


  50. 07. CRIMES INSTANTÂNEOS, PERMANENTES E INSTANTÂNEOS DE EFEITOS PERMANENTES

    “Crimes instantâneos são os que se completam num só momento. A consumação se dá num determinado instante, sem continuidade temporal (homicídio). Crimes permanentes são os que causam uma situação danosa ou perigosa que se prolonga no tempo, como o seqüestro ou cárcere privado”. (Damásio E. de Jesus)

    Segundo Mirabete, crimes instantâneos de efeitos permanentes “ocorrem quando, consumada a infração em dado momento, os efeitos permanecem, independentemente da vontade do sujeito ativo”. Como exemplo podemos citar a bigamia.

    Faz-se necessário saber que, segundo observação de Magalhães Noronha, “a instantaneidade não significa rapidez ou brevidade física da ação, mas cuja consumação se realiza em um instante”.


    Na minha percepção, o crime de extorsão mediante sequestro é sim um crime instantãneo de efeitos permanentes, visto que a complexidade do crime deixa sequelas para o resto da vida, tanto para o sujeito ativo sequestrado quanto quanto o sujeito passiavo a familia que presenciou a dolorosa trajetoraria do seuquestro. acredito, ser de efeitos duradouros e permanentes.

    ResponderExcluir
  51. Pessoal, fico muito triste com essa conversa de que houve cola eletrônica, pois estudei muito e nem sei como fui nessa prova e creio que caso comprovada a fraude, a instituição deveria tomar as devidas providências, penalizando os fraudadores e até cancelando a fase caso seja necessário.

    ResponderExcluir
  52. esqueçam isso de fraude cola, celular. impossível comprovar, tem foto..câmera, alguém foi pego?..fica de boca mesmo já era, triste mas qualquer atitude só mesmo nos próximos concursos..

    ResponderExcluir
  53. Sera que esse ano a Acadepol será mais maleável do que ano passado por co ta do número de vagas e dificuldade maior da prova ? Fui bem objetivo nas respostas e expliquei de maneira simples, tenho medo de perder pontos por conta disso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o creio nisto.
      Acho que ser objetivo e responder corretamente é essencial numa prova discursiva.
      O examinador tem a sua prova e mais 4000 para corrigir.
      Ele não vai ter paciência com nego enchendo lingüiça

      Excluir
  54. Meu comentário: o professor de Penal, na verdade, não era obrigado a passar a classificação de crimes. No entanto, passou para algumas turmas e para outras não. Não tem como culpar o curso e, sim, a banca examinadora - ACADEPOL.

    O curso GOE - Claretiano é um ícone para os certames da Polícia Civil do Estado de São Paulo, isso é um fato.

    Para os concursos de Escrivão e Investigador tenho certeza que há um equívoco na "balança" entre exigência e necessidade. Vejamos bem, para essas carreiras é necessário o ensino superior, o que já garante ao menos dois anos de estudo a mais dos candidatos. E vemos que a maioria possui bacharelado, que garante entre 4 a 5 anos; e alguns, como eu, ainda têm pós-graduação.

    E essas pessoas serão operacionais, não serão autoridades, logo, totalmente desnecessárias tantas avaliações como prova escrita e a oral, que está de volta. A prova preambular já tem um nível ótimo e só passa quem de fato estudou.

    Provas em demasia, correção subjetiva. Complicado.
    Nos concursos anteriores pessoas que acreditavam que conseguiriam nota ótima (após analisar as suas respostas com as respostas dos professores do GOE), não conseguiram nem os 50 %...

    Na minha opinião, a prova escrita poderia ter o dobro quiçá o triplo de questões, assim daria mais chances de acerto para os candidatos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Companheiro... Vc que é pós-graduado, não entendeu o edital. A prova escrita tem esse formato, porque seu único objetivo é: Eliminatório.

      Excluir
  55. nem pra pf estudamos classificação doutrinaria pode ver nao cai pq pra um simples pc tem isso? qual é a ideia???

    ResponderExcluir
  56. Sem palavras. ..e simples peguem a prova escrita de escrivão coloquem de um lado e a escrita de investigador do outro elas falam por si só....TOTALMENTE desproporcional. ..

    ResponderExcluir
  57. Só torço pra banca corrigir com justiça e considerar as respostas e não o que fizeram ano passado..quem prestou sabe do que estou falando !
    Prova estava num nível bom ....não tenho que reclamar ..apesar de achar que a do verbo não serve pra nada e não ser pra nos fazer de idiotas . O que gostaria mesmo é que tivesse um gabarito com as respostas que ACADEPOL julga corretas coisa que não tem....ficamos na mão do examinador !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amigo, vai acostumando, dentro a Acadepol o nível de "absurda subjetividade" na avaliação das provas é a mesma....

      Excluir
  58. Valeu pessoal só nos resta aguardar................

    ResponderExcluir
  59. exatamente... estamos juntos na luta e não vai ser examinador ESPIRITO DE PORCO nenhum que vai tirar esse sonho em comum de todos nos... aguardando...boa sorte a todos...

    ResponderExcluir
  60. Olá Goe, tenho uma dúvida em relaçao a IS, o fato de ter 2
    penalidades de transito de 4 pontos cada uma, ou seja, média, poderei ser excluido do concurso de investigador da pc??? voces tem conhecimento, podem me responder.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Podem questionar acerca disso na entrevista mas não é problema nenhum. Fonte: experiencia propria e de colegas que entraram

      Excluir
  61. Fiquei preocupada pq consta no edital ter CNH e nao ter pontos negativos, mas valeu pela dica. obrigada.

    ResponderExcluir
  62. Alguém sabe a data aproximada da lista com os nomes dos aprovados nessa segunda fase?

    ResponderExcluir
  63. GOE, os aprovados no concurso de OFICIAL ADM DA POLÍCIA CIENTÍFICA estão sendo contatados POR EMAIL através de um informativo enviado ONTEM. Eu mesmo só vi o email hoje. Achei estranho pois não saiu nada no site da VUNESP. GALERA QUE FOI APROVADA NO CONCURSO DE OF ADM DO IC, CHEQUEM SEUS EMAILS. Achei bem estranho mas o email era legítimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NOMEAÇÃO DE OFICIAL ADM DO I.C.: DIÁRIO OFICIAL DE 16/08/2014 - Executivo II - Pag. 1 e convocação pra se apresentar D.O. DE 27/08/2014.

      Excluir
  64. Estou decepcionada !Estudei muito para sair de uma prova e ver uma galera comemorando o fato de ter conseguido ver as respostas no celular.Eu senti vergonha em saber que os mesmos serão futuros IP.Foi meu primeiro concurso e tive que suar muito,onde moro não tem nenhum curso como esses aqui.Tenho certeza que aqueles que fizeram o cursinho e se dedicaram em casa foram muito bem.Travei completamente,fiquei muito ansiosa,acho que não fui muito bem.Mas boa sorte á todos e vamos continuar a estudar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o pior de tudo è o pessoal conseguir acessar o celular>>>ESTUDAR QUASE TODOS ESTUDAMOS< DELEAL È DEIXAREM OS ESPERTINHOS CONSULTAREM O CELULAR NO BANHEIRO< COMO CITADO ACIMA!!!!

      Excluir
  65. Olá, ando meio desligado das novidades, mas eu li um pessoal comentando que a prova oral vai voltar.
    Eles irão tirar a escrita e colocar a oral ou vão deixar as duas ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até onde eu sei, as provas sempre foram orais, acredito que, como dessa fez foram muitas vagas abertas, fizeram a seleção através da escrita...

      Excluir
    2. não, já teve prova escrita em outros concursos. Eles optaram por TIRAR A PROVA ORAL (MENOS DE DELEGADO) E ESCRITA. Mas infelizmente depois voltaram atrás e resolveram manter a prova escrita pra quase todos os cargos. O concurso de fotógrafo, por exemplo, não teve prova escrita.

      Excluir
  66. Boa tarde a todos, estou muito angustiado, na pergunta de número 4 a minha resposta foi bem direta.
    Resp.: Fatores endógenos e exógenos. Será que eles iram considerar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saberemos quando você pedir a sua vista de prova, Diego.

      Excluir
    2. desculpe minha intromissão e ignorância. Na vista de prova eles mostram a nossa prova e podemos ver que nota tivemos em casa pergunta?

      Excluir
    3. Sim, eles mostram a prova, você pode copiar suas respostas e erros, para posteriormente elaborar recursos, eles não permitem tirar foto ou xerox.

      Excluir
    4. Isso na vista de prova. Na identificação de prova, também é possível ver a nota e anotar as respostas?

      Excluir
    5. Na identificação da prova não é possível ver e anotar as respostas, na verdade eles nem mostram a prova, eles apenas falam a nota.

      Excluir
  67. SUPERINTENDÊNCIA DA POLÍCIA
    TÉCNICO-CIENTÍFICA
    Comunicado
    O Diretor do Núcleo de Recursos Humanos da Superintendência
    da Polícia Técnico-Científica comunica que os candidatos
    ao cargo de Oficial Administrativo abaixo relacionados ficam
    convocados a comparecer para a realização de perícia médica
    para fins de ingresso, conforme data/hora/local especificados.
    O candidato deverá apresentar original de documento de
    identificação com fotografia, 3 fotos 3x4 coloridas e exames
    médicos recentes (no máximo 3 meses), relativos a:
    1. exames laboratoriais: hemograma completo, glicemia de
    jejum, PSA prostático (para homens acima de 40 anos de idade),
    TGO-TGP-Gama GT, uréia e creatinina, ácido úrico, urina tipo I;
    2. ECG (eletrocardiograma) com laudo;
    3. Raio X de tórax com laudo;
    4. Colposcopia e colpocitologia oncótica (mulheres acima
    de 25 anos ou com vida sexual ativa).
    5. Mamografia (mulheres acima de 40 anos de idade).
    OBS: gestantes estão dispensadas dos ítens 3 e 4.
    LOCAL:
    DIVISÃO DE PREVENÇÃO E APOIO ASSISTENCIAL DO DAP
    Rua Brigadeiro Tobias, 527, 10º andar - Luz - São Paulo/SP
    DATA: 05/09/2014 - HORA 08:00

    ResponderExcluir
  68. Parabenizo ao GOE(Grupo Orientado de Estudos) pela Excelência em seus trabalhos para que nós, futuros policiais, tivéssemos uma boa formação em seus cursos que, mesmo intensivos, mantiveram um excelente nível.
    Parabenizo tds os professores, em especial os Profs. Mônica Gamboa, Tiago Salvador, Tiago e Farid.
    Lembro-me da frase da Profa. Mônica:
    -Se quiser ir bem na prova, segura em minha mão e vem!
    E Graças a Deus e a ela, consegui gabaritar em criminologia.

    Obrigado Goe e Equipe.
    Valeu!

    ResponderExcluir
  69. Correção de mais de 4 mil provas em pouco mais de 15 dias ...que faseee esse ano vai ser pior que o ano passado quem fez sabe do que estou falando...! Para quem não acreditava no facão ta ai basta esperar ..certeza que reprovação será entre 50 a 60% infelizmente! Boa sorte a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felizmente a reprovação vai ser alta, com isso menos concorrência =D

      Excluir
    2. FORA A GALERA DE FOTOGRAFO QUE TEVE QUE DESISTIR POR CAUSA DA MALANDRAGEM DA ACADEPOL. DE CDA 10 CANDIDATOS DE FOTOGRAFO NO TAP, DOIS TINHAM PASSADO NA DE TIRA E TIVERAM QUE DESISTIR.

      Excluir
  70. Pior que parece que nada mudou, infelizmente!

    ResponderExcluir
  71. É... seja o que DEUS QUISER...

    ResponderExcluir
  72. ACADEMIA DE POLÍCIA
    DR. CORIOLANO NOGUEIRA COBRA
    Secretaria de Concursos Públicos
    Concurso Público de Provas e Títulos para a carreira de Investigador de
    Polícia (IP 1/2013)

    A presidência do Concurso Público de Provas e Títulos para ingresso na
    carreira de Investigador de Polícia (IP 1/2013) CONVIDA os candidatos para
    participarem da identificação da prova escrita, que será realizada no auditório
    da Ala J, da Academia de Polícia “Dr. Coriolano Nogueira Cobra”, situada na
    Praça Professor Reynaldo Porchat, 219, Cidade Universitária, São Paulo/SP,
    no dia 15-09-2014, às 9h.
    1. O comparecimento do (a) candidato (a) à identificação da prova não é
    obrigatório, portanto, a ausência não acarretará qualquer prejuízo.
    2. A relação dos candidatos aprovados na prova escrita e prazo para vista e
    pedido de reconsideração serão divulgados em edital próprio no Diário Oficial
    do Estado.

    ResponderExcluir
  73. Na identificação da prova escrita, já da para saber a nota vendo sua correção ou apenas a mera identificação?

    ResponderExcluir
  74. Se estiver presente no local, já dá para saber.

    ResponderExcluir
  75. rsrsrs...coração até acelera!!!!!

    ResponderExcluir
  76. GALERA FAÇAM COMO EM CONCURSOS ANTERIORES: COMBINEM COM ALGUEM QUE VÁ ATÉ A IDENTIFICAÇÃO DAS PROVAS. VÃO FALAR OS NOMES E AS NOTAS PUBLICAMENTE. É SÓ IR E LEVAR UM GRAVADOR OU GRAVAR COM CELULAR E DEPOIS POSTAR NA NET PROS COLEGAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se alguém teve essa gentileza e iniciativa post o link para todos, já que seremos futuros companheiros de serviço e muitos serão amigos.

      Excluir
  77. Alguem postou o link nesse site

    http://forum.concursos.correioweb.com.br/viewtopic.php?f=8&t=205030&start=940

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não encontrei nenhum link no site. Alguém postou o áudio? Abcs e boa sorte a todos!

      Excluir
  78. Ufa! Passei na temida prova escrita! Não sou aluno do GOE porque não moro no estado de São Paulo, mas queria agradecer mesmo assim porque utilizei os materiais disponibilizados no blog (comentários das provas) na minha preparação.

    ResponderExcluir
  79. ..Eu tb passei!!!....sem ir ao banheiro e sem consulta ao celular!!...Vamos pro PAP agora!!!

    ResponderExcluir
  80. Alguem saberia responder em quanto tempo sai a lista oficial ou entao uma data prevista ?

    ResponderExcluir
  81. Quando sai a lista da ESCRITA de tira no site da PC?

    ResponderExcluir
  82. não to acreditando...tirei 85.. CHUTEI LINDO a de improbidade e do crime instantaneo e acertei em cheio...nao fiz o curso pra prova escrita no GOE, só fiz para a primeira fase mas agradeço o q foi me passado la...ótimo cursinho

    ResponderExcluir
  83. Bom dia, futuros investigadores!!
    Já está disponível no site -----http://www2.policiacivil.sp.gov.br/x2016/concursos/ ----- as notas referente à prova escrita de investigador 2013.

    ResponderExcluir
  84. O facão cantou na 2° fase de investigador, aproximadamente 2382 aprovados, apenas!!

    ResponderExcluir
  85. Alguém sabe como interpor recurso?

    ResponderExcluir
  86. Agradeço primeiramente a Deus e o curso do Goe Claretiano, estou aprovado em EP e IP.

    ResponderExcluir
  87. Por favor, me ajudem...Passei, porém com uma nota baixa e estou fora do número de vagas, se eu recorrer, corro risco deles baixarem para menos de 50? Ou o recurso só pode manter ou aumentar a nota? Obrigado desde já

    ResponderExcluir
  88. O curso do GOE realmente é o melhor de SP para PCSP. Gostaria de parabenizar o Leandro, coordenador do curso, pelo empenho e transparência em que conduz a preparação dos alunos, não visando apenas o lucro e sim objetivando a aprovação dos alunos. Tive a oportunidade de fazer outros cursinhos em lugares muito mais caros e não obtive êxito na aprovação e após a preparação no GOE consegui minha vaga. Professores como Farid, Mônica, Tiago Correia, Topan e Rodney. Desculpa se esqueci de algum, mas é o que lembro agora. Obrigado GOE pela aprovação.

    ResponderExcluir
  89. Goe, também estou com a mesma duvida do colega acima.
    Estou fora do numero de vagas, porém fui aprovado com 50, caso eu entrar com recurso existe a possibilidade de eles rebaixarem minha nota? Desde já agradeço a atenção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Normalmente entra-se com recurso para comprovar que a resposta está de acordo com o que autores renomados apresentam em suas obras.
      Se este é o seu caso, não tem porque abaixarem a sua nota. Caso contrário, não tem porque entrar com recurso.

      Excluir
  90. Mas existe a possibilidade de eles diminuírem uma nota que já foi dada? Agradeço a atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você está com esse receio, creio que não tem porque entrar com recurso. Recurso é para comprovar o seu direito, não para se aproveitar de uma situação na malandragem.

      Excluir
  91. Obrigado por não responder a msn novamente. Creio que goe esta precisando de aulas de interpretação de texto.

    ResponderExcluir
  92. eu passei com 51 pontos, e estou muito contente. termine as fases e veja o que vai acontecer, mas não,sempre tem alguém querendo ser o esperto, ganhar através de meio ardiloso, esses já deveriam ser eliminados do concurso, que por sinal é para investigador...uma carreira como todas, deve possuir reputação ilibada meu caro, que vem com a pessoa, não é imposta... vai entender?!!

    ResponderExcluir
  93. Se esta se sentindo lesado com a nota dada entre sim com recurso, caso baixarem sua nota entre com mandado de segurança.

    ResponderExcluir
  94. Fui fazer a vista de prova. Dei exemplo de suicídio na questão 5 e a palavra foi grifada. Resultado? 7 pela questão...não é justo...recorri...vamos ver no que dá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AS VEZES O 7 FOI PELO EXEMPLO CORRETO...
      EMBORA NÃO ACREDITE...PQ A QUESTÃO NÃO PEDIA EXEMPLO.

      Excluir
    2. Pois é, amigo(a). Quero também fazer a vista da minha prova. Minhas respostas estão bem semelhantes (não idênticas, claro) as dos professores aqui do GOE e mesmo assim minha nota foi baixa. Quero ver o critério de avaliação usado pela banca. Se não aceitarem.... bom, tentamos, né?

      Excluir
    3. Ocorreu o mesmo comigo na questão 5, qual foi o procedimento q vc fez para recorrer?

      Excluir
    4. Colega vc poderia explicar como e o procedimento para fazer o recurso? tem que levar algum modelo pronto ou eles fornecem algum formulario? Caso seja com formulario da Acadepol e so preencher e anexar com nossas provas? obrigado!

      Excluir
    5. a pergunta não pedia exemplo mas responde com exemplo fica melhor explicado tb.

      Excluir
  95. Depende, não concordo com o exemplo suicídio, pois não é crime, não sendo crime, não é punível até porque a pessoa se matou. rsrs a própria Dr(a) Monica usou esse exemplo como resposta correta, mas convenhamos, é muito discricionário do corretor aceitá-lo como certo ou errado, talvez o mais ideal seria o autoaborto, que é passível de punição.

    ResponderExcluir
  96. Pessoal fiz 50 pts na escrita e 80 na objetiva..tenho mais 5 pts de titulos sera que se aprovado nas outras fases..tenho chances de ser convocado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem sim, depois te mando um pacote de confetes pra jogarem em cima de você...

      Excluir
  97. Acadepol não tem critério claro para a correção.
    Lamentável a organização deles.
    Vi a prova de um amigo e ele teve nota maior que a minha sendo que minhas respostas estavam mais completas que até ele concordou que fui melhor que ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...não chora não entra com recurso ou faça um cursinho no GOE, aproveite e estude não fique se baseando na prova dos outros faça por você mesmo.

      Excluir
    2. Não estou chorando,apenas disse a verdade.
      Já estudei no GOE e fui muito bem na prova preambular e na escrita entrarei sim com recurso e aposto com você que terei a nota maior que a sua.
      Abraço.

      Excluir
    3. Você não é o único a reclamar da nota. Vi muitos reclamando também. Então, entre com recurso porque eles aceitam, sim! (reconhecem que os examinadores podem cometer erros)

      Sobre organização do concurso também tenho várias críticas. Eu fiz a prova na ACADEPOL e achei bem estranho, esperava bem mais seriedade e tal.

      Sobre critério de avaliação, eu acho que foram justos na minha prova, mas pelos comentários que li (fundamentados), houve vários equívocos.

      Mas a minha maior crítica que já explicitei aqui é sobre a necessidade de uma prova escrita para esse cargo, quando já se exige curso superior. E mais ainda sobre o conteúdo das questões... Mas fazer o quê. Para seguir o estilo de vida que tanto almejamos, precisamos passar por isso. Uma prova de que estamos dispostos a quase tudo pela carreira policial.

      Excluir
    4. ..oi chorão, conseguiu protocolar os recursos?, quantos recursos você fez...05....10...., boa sorte chorão !
      ah.... já esta disponível o curso máster para os próximos concursos da PC, caso não de certo, pode fazer, é o melhor do estado !

      Excluir
  98. Acho justo entrar com recurso por achar que foi prejudicado pela correção do avaliador, mas pessoal, muita calma e não se eludam, a acadepol não vai sair deferindo inúmeros recursos, pouquíssimos conseguirão alcançar a nota, o concurso não vai voltar a ter os 5mil e poucos candidatos que prestaram a prova escrita!!! Boa sorte a todos!!!

    ResponderExcluir
  99. Protocolei recurso na 2,3,4 e 5 .
    Minha nota foi 4.8.
    Vi gente lá que havia passado na primeira fase de delegado e tinha recebido nota 3.5.
    Realmente passaram o facão em muitos.
    Fiz a vista da prova na quinta e tinha umas 800 pessoas que já haviam feito vista de prova.
    Uma delegada disse ao delegado que estava mostrando as provas que nunca tinha visto tantos recursos e ele deu risada e disse que já esperava isso.
    Mas creio que dará certo pois minhas respostas estão bem parecidas com a correção do GOE.
    Também achei muito desorganizado no dia da prova na Acadepol e também não concordo com o conteúdo das questões,principalmente conjugação de verbo.
    Acho muito mais útil cobrarem algo de concordância e não acho justo uma prova escrita sem ao menos um espelho de correção,ficando o critério de correção muito subjetivo.
    Se fossem fazer uma segunda fase ,que fosse prova oral,mas temos que enfrentar tudo para conseguir nossos sonhos.
    Boa sorte a todos.

    ResponderExcluir