terça-feira, 1 de julho de 2014

Prova de Fotógrafo Técnico Pericial 2013/2014 - Comentários e Lista dos Aprovados

Prova de Fotógrafo Técnico Pericial 2013 - versão 1
Gabarito
Lista dos Aprovados

Comentários Técnicas Áudio Visuais - Prof. Flávio (1 Recurso)
Comentários Noções de Lógica - Prof. Rocco
Comentários Penal e Processo P. - Prof. Victor Paulo

9 comentários:

  1. GOE,quando vai abrir turma pra Agetel?

    ResponderExcluir
  2. GOE , QUANDO VAI TER CURSO PARA AGETEL ? ESTAO FALANDO QUE ABRE ESSE ANO AGETEL ...PROCEDE ? GRATO

    ResponderExcluir
  3. Recurso
    Apesar da compreensão inicialmente estabelecida por esta Banca Examinadora, solicito a anulação da questão de nº 5, conforme ponderações que apresento sobre o enunciado e a resposta tida como correta e por conter outra resposta que está tecnicamente correta conforme os argumentos que declino:
    O Enunciado solicita corretamente como “DEFINE-SE” a distância focal de uma objetiva como a distância “ENTRE”. Solicita, portanto a “distância entre” e todas as referencias dizem que é do ponto nodal posterior da objetiva até o plano de formação da imagem, isso é o correto. Independentemente da posição que ela se encontre - o que o enunciado não solicita - esta sempre será a distância focal oficial das lentes e que são medidas em milímetros.




    As lentes objetivas não focam somente quando estão na posição de infinito. E sim do objeto que se encontra em uma determinada posição que pode ser no infinito.
    A distância focal fixa de uma objetiva determina o ângulo com que esta poderá cobrir a cena. Este fator é chamado de ANGULO DE COBERTURA.

    MANUAL DE FOTOGRAFIA
    Prof. Thomaz W. M. Harrell
    Universidade Federal de Uberlândia
    Faculdade de Artes, Filosofia, e Ciências Sociais
    Departamento de Artes Plásticas

    CAPITULO III : AS OBJETIVAS
    http://www.tharrell.prof.ufu.br/pdfs/A%20Fotografia%20Cap.%20III.pdf

    Em todas as pesquisas a única afirmação encontrada é: Distância focal é do ponto nodal posterior da objetiva até o plano de formação da imagem e que é medida em milímetros. Não tem o fator de distância ou posição das lentes descriminadas nas fichas técnicas dos fabricantes.


    Não há menção da Nikon sobre a afirmação desta posição em seus produtos.
    http://www.nikon.com.br/Nikon-Products/Camera-Lenses/Manual/index.page
    Data do acesso: 30/06/2014 17 horas

    Não há menção da Kodak sobre a afirmação desta posição em seus produtos.
    http://wwwbr.kodak.com/BR/pt/consumer/fotografia_digital_classica/para_uma_boa_foto/curso_fotografia/fotografia_tradicional/como_usar_sua_camera/acessorios01.shtml?primeiro=1
    Data do acesso: 30/06/2014 16:15 horas

    Não há menção da Canon sobre a afirmação desta posição em seus produtos.
    http://www.canon.pt/youconnect_newsletter/tutorials/Lenses_DSLR/Page_2.aspx
    Data do acesso: 30/06/2014 16:40 horas

    Não há menção no Wikipedia sobre a afirmação desta posição.
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Dist%C3%A2ncia_focal
    Data do acesso: 30/06/2014 horas

    ResponderExcluir
  4. Interpor recurso para revisão de prova e gabarito.

    Apesar da compreensão inicialmente estabelecida por esta Banca Examinadora solicito a anulação da questão de nº 7, conforme ponderações que apresento sobre o enunciado e a resposta tida como correta, e por conter outra resposta que está Tecnicamente correta conforme os argumentos que declino:
    Por norma, não existe o termo “Janela” em uma câmera fotográfica, os termos corretos para o obturador são: cortina ou conjunto de palhetas e a medida correta é a diagonal do sensor ou do filme.

    A relação que se tem para se considerar uma objetiva como grande angular, normal ou teleobjetivas vem da comparação do tamanho da objetiva com a diagonal do filme ou sensor digital utilizado e não da janela, como na resposta indicada no gabarito: “à diagonal do formato da janela”.
    As objetivas em torno de 43 mm são consideradas normais, por possibilitarem na área do filme uma imagem com as características e um campo de visão semelhante ao olho humano. A distância entre o centro da lente e o ponto onde converge a luz refratada quando proveniente de raios paralelos ao eixo óptico. Por norma, a distância focal é indicada em milímetros exatos, excluindo a possibilidade de ser aproximadamente uma determinada distância e, portanto não tem embasamento cientifico sendo somente uma forma usual de mercado.
    A distância focal é, junto com a abertura do diafragma, uma das mais importantes características de uma objetiva. É a partir dela que o usuário define o campo de visão que deseja trabalhar e é determinada a partir dos pontos nodais até dos focais, ou seja, é à distância, em milímetros, entre o ponto de convergência da luz até o ponto - sensor ou filme - onde a imagem focalizada será projetada.


    Como o Prof. Thomaz W. M. Harrell sita em seu livro:
    Capitulo II – Página 16
    “Por sua vez o obturador é uma cortina ou conjunto de palhetas que controlam o “tempo” que a luz chegará até o filme”.
    MANUAL DE FOTOGRAFIA
    Prof. Thomaz W. M. Harrell
    Universidade Federal de Uberlândia
    Faculdade de Artes, Filosofia, e Ciências Sociais
    Departamento de Artes Plásticas
    http://www.tharrell.prof.ufu.br/pdfs/A%20Fotografia%20Cap.%20II.pdf
    Data do acesso: 11/06/2014 21:30

    “A lente ou objetiva normal é aquela cuja distância focal corresponde à medida da diagonal do negativo.”
    Site Kodak
    http://wwwbr.kodak.com/BR/pt/consumer/fotografia_digital_classica/para_uma_boa_foto/curso_fotografia/fotografia_tradicional/como_usar_sua_camera/acessorios01.shtml?primeiro=1
    Data do acesso: 01/07/2014 00:34 horas

    Portanto, conforme demonstro na defesa acima, a resposta da prova que diz: “à distância entre o ponto nodal e o filme ou sensor”, está correta e, portanto, solicito que esta nobre Banca Examinadora desconsidere a palavra “janela” como elemento de uma câmera fotográfica anulando a questão 7
    Sem mais,

    ResponderExcluir
  5. Sr. Examinador,

    Interpor recurso para revisão de prova e gabarito.

    Apesar da compreensão inicialmente estabelecida por esta Banca Examinadora solicito a anulação da questão de nº 11, conforme ponderações que apresento sobre o enunciado e a resposta tida como correta, e por conter outra resposta que está Tecnicamente correta conforme os argumentos que declino:
    Erros de concordância e de clareza textual do enunciado em relação à imagem e de definição da figura tida como um fotômetro manual.


    1º - Enunciado pede para o candidato, após discorrer sobre: “A grande maioria das câmeras DSRL...” (no plural) e diz que elas “... possui...” (No singular onde o correto seria possuem – verbo concordando com o substantivo câmeras DSRL) “...um fotômetro incorporado ao corpo da câmera”. É claro o erro de concordância;
    2º - A solicitação prossegue no singular: “Observe a imagem (singular) a seguir e assinale a alternativa correta”. O enunciado não separa o conjunto AB, nem afirma “as imagens A e B” ou quantifica “as duas imagens abaixo” separando as figuras pelo plural.
    O candidato ao observar “a imagem a seguir”, no singular como solicitado pelo enunciado, ou seja, uma única imagem representada pelo conjunto de duas figuras classificadas pelas letras AB verifica que na parte B “da Imagem” existe uma medição que não é compatível com a do fotômetro das câmaras DSRL (Medir o sol e fotografar a pessoa), por uma análise comparativa “da imagem” conclui que: “Não há qualquer analogia entre a medição da intensidade luminosa por meio de fotômetros manuais e aqueles incorporados às câmeras DSRL”. Esta é a única resposta que não identifica ou separa as figuras da imagem, como está determinado pelo enunciado. Todas as outras respostas estão dividindo o conjunto de figuras da imagem mencionada no enunciado, em um momento chamando a parte A como uma imagem e em outro momento a parte B como outra imagem;
    3º – Observa-se também, na imagem, que a ilustração do equipamento ao lado do homem não distingue ou define claramente, por meio de legenda ou de solicitação do enunciado, o objeto como sendo um fotômetro manual e assim dificultando o entendimento, tendo em vista a grande variedade de formatos dos fotômetros existentes atualmente;

    E finalmente como referencia de embasamento, a formulação da questão 11 se contradiz com as formas textuais aplicadas nesta prova, utilizando por esta banca, nos enunciados das seguintes questões:
    - 10 “...as imagens...”, são duas e gera uma resposta compatível;
    - 27 “...as três imagens...”, são três e gera uma resposta compatível;
    - 28 “...a imagem...”, é uma e gera uma resposta compatível;
    - 48 “...a imagem...”, que é representada por uma imagem com um conjunto de figuras de galáxias que gera uma analise comparativa e única para a resposta, assim como deve ser na questão 11.
    Sem mais,

    ResponderExcluir
  6. Interpor recurso para revisão de prova e gabarito.

    Apesar da compreensão inicialmente estabelecida por esta Banca Examinadora solicito a anulação da questão 15, conforme ponderações que apresento sobre o enunciado e a resposta tida como correta:

    O enunciado não determina qual objetiva principal será utilizada (objetivas de 35 mm, 45 mm, 50 mm, 55 mm, Zoom etc.) se está em zoom ou não para definir a medida de dioptria +1 em relação a distância que está, com “a objetiva” focalizada no infinito em relação ao objeto. A resposta que é dada como correta afirma que dioptria +1 “FOCALIZA”, errado. Quem fornece o foco é a lente objetiva, sempre independentemente do filtro utilizado.



    Os únicos elementos ou equipamentos em uma máquina fotográfica que tem o poder de focalizar são as Objetivas. Na resposta tida como correta, entre outras, esta banca afirma: “Uma lente de dioptria +1 “FOCALIZA” a uma distância...” errado. Como dito corretamente no enunciado “As lentes close-up são usadas de forma SEMELHANTE À DOS FILTROS. FUNCIONAM COMO LENTES DE AUMENTO...” Portanto não tem o poder de focalizar.

    Por exemplo, com a T2i, e a lente 55-250IS, a distância mínima que a câmera consegue focar é 1,1 m. Quando usada esta mesma lente, com a Raynox, esta distância cai para 15 cm. Ou seja, ALÉM DA AMPLIAÇÃO QUE O FILTRO POSSUI, ele permite chegar mais perto, e usar todo o zoom da câmera, o que traz ampliações incríveis.
    A objetiva pode estar focalizada no infinito com ou sem zoom o que altera a distância.

    “ Funciona como uma lupa que, rosqueada à frente da objetiva permite a ampliação do tema. A potência de cada filtro é medida em dioptrias. Os mais comuns são os de medidas: +1, +2 e +4, podem ser utilizados acoplados um no outro para aumentar a medida para +7. A única desvantagem destes filtros é a qualidade da imagem que não se pode comparar com os Tubos e Foles”.

    Prof. Enio Leite
    FOCUS ESCOLA DE FOTOGRAFIA - DESDE 1975
    http://www.escolafocus.net
    http://www.focusfoto.com.br

    Sem mais,

    ResponderExcluir
  7. Apesar da compreensão inicialmente estabelecida por esta Banca Examinadora solicito a anulação da questão 17, conforme o enunciado e a resposta tida como correta.
    Enunciado pede para o candidato responder a questão após discorrer sobre: “...o equivalente à imagem LATENTE do filme fotográfico fotoquímico...”. Contesto a resposta indicada pela banca com base nos argumentos abaixo:
    A palavra latente se refere ao filme ainda não revelado, que possui a emulsão completa e não passou pelo processo químico e que não pode ser transferido para outro meio ou formato. Só se caracteriza uma imagem como tal após o processo de revelação, ou seja, a imagem só se concretiza após o processo fotoquímico, portanto ainda não existe e pode ser velada ou perdida assim como no momento do processamento dos dados;
    É um equívoco comparar uma imagem LATENTE de um filme com um “ARQUIVO RAW”, pois este já se caracteriza como uma imagem já processada e armazenada em um cartão de memória na máquina fotográfica, portanto “UM ARQUIVO”, que não se perde em si e pode ser transferida para um computador, tratada ou convertida para impressão.
    .




    O Processo: A matriz de Bayer e o sensor digital da câmera durante a exposição, convertem a luz que é originalmente transformada em um sinal analógico de cargas elétricas que processa tais cargas na forma de sinais eletrônicos que são convertidos pra um sinal digital, buffer (conversor A-D). A informação no CCD é então lida uma linha horizontal por vez, pelo processador e pela memória interna da câmera e desta forma passa pelos filtros internos, como os de white balance, cor, e correção de aliasing. A memória interna então transforma todos os pixels individuais em uma só imagem, um código eletrônico digital, que executa o que é comparado a “revelação do filme”, assim é gerado ou “revelado” um ARQUIVO RAW, que pode ser transformado em Tiff ou JPG. O que prova esta interação entre matriz de Bayer do sensor, o processamento dos dados executados (revelação do filme), e o arquivo fotográfico do tipo RAW. Ou seja, se o equipamento fotográfico for danificado o arquivo ainda se mantém no cartão de memória e pode ser utilizado.

    Referências bibliográficas:
    Ilustração do processo:
    http://www.digitalcameraworld.com/tag/sensor/

    MANUAL DE FOTOGRAFIA
    Prof. Thomaz W. M. Harrell
    Universidade Federal de Uberlândia
    Faculdade de Artes, Filosofia, e Ciências Sociais
    Departamento de Artes Plásticas.

    Página 91 - FUNDAMENTOS DA FOTOGRAFIA DIGITAL
    http://www.tharrell.prof.ufu.br/pdfs/A%20Fotografia%20Cap.%20IX.pdf
    Data do acesso: 11/06/2014 21h30




    LATENTE:
    la.ten.te
    adj (lat latente)
    1 Que não se vê, que está oculto. 2 Dissimulado. 3 Subentendido. 4 Diz-se da atividade ou caráter que, em certo momento, não se manifesta, mas que é capaz de se revelar ou desenvolver quando as circunstâncias sejam favoráveis ou se atinja o momento próprio para isso. Antôn: claro, manifesto.

    Referência bibliográfica:
    http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php?lingua=portugues-portugues&palavra=latente

    ResponderExcluir
  8. Apesar da compreensão inicialmente estabelecida por esta Banca Examinadora solicito a anulação da questão 21, conforme ponderações que apresento sobre o enunciado e a resposta tida como correta.
    Não existem “PONTOS” na imagem digital como coloca a resposta tida como correta, o termo correto para os registros digitais são PIXELS. Na fotografia analógica o termo correto é: GRÃOS de prata. O termo PONTO é utilizado em Artes Gráficas na impressão de jornais e revistas em escala de cores CYMK aonde a combinação do conjunto de pontos destas cores depois de impressas formam as imagens.


    Segundo o Prof. Thomaz W. M. Harrell
    “dispositivo eletrônico sensível à luz chamado de CCD (Charge Coupled Device) ou Dispositivo de Carga Acoplada. Este dispositivo é responsável por interpretar os impulsos luminosos da imagem quanto à sua intensidade (luminância) e coloração (crominância). Estas informações são CODIFICADAS DE FORMA DIGITAL e armazenadas numa memória temporária (buffer memory)”
    “Entre os termos mais ouvidos quando se fala em imagens digitais o termo pixel * é dos mais citados. Isto é porque o pixel é a menor unidade de uma imagem digital. Da mesma forma que o grão de prata é a menor unidade de uma imagem em filme”.

    * pixel. O termo vem de duas palavras picture = pix e element = el
    ergo: pix + el = PIXEL

    Entre outras literaturas o Prof. Thomaz W. M. Harrell sita em seu livro:
    Capitulo IX – Página 92
    MANUAL DE FOTOGRAFIA
    Prof. Thomaz W. M. Harrell
    Universidade Federal de Uberlândia
    Faculdade de Artes, Filosofia, e Ciências Sociais
    Departamento de Artes Plásticas
    http://www.tharrell.prof.ufu.br/pdfs/A%20Fotografia%20Cap.%20IX.pdf
    Data do acesso: 16/06/2014 14:49

    Além da referência acima qualquer site de fabricante de equipamentos fotográficos, programas de edição de imagens como, por exemplo, Photoshop em seu menu imagem/tamanho da imagem/resolução: PIXELS/polegada, possuem essa informação em suas configurações.

    Portanto, única questão que se aproxima do correto é: “microfotossensores, que convertem a intensidade luminosa em registro digital”.

    ResponderExcluir
  9. E ai professor Flávio, o que me diz dos recursos postados?
    Aguardo comentários. Sua opinião é muito importante.
    Abç.
    Pedro

    ResponderExcluir